Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Vacina da Moderna

COVID-19

Vacina da Moderna "contaminada" com metal matou duas pessoas no Japão

Os homens morreram neste mês, poucos dias após receberem a segunda dose da Moderna - disse o ministério da saúde

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Duas pessoas morreram após receber a vacina Moderna Inc COVID-19, que estava entre os lotes suspensos posteriormente após a descoberta de contaminantes, disse o ministério da saúde do Japão no sábado.

Os homens na casa dos 30 morreram neste mês poucos dias após receberem a segunda dose de Moderna, disse o ministério em um comunicado. Cada um teve uma chance de um dos três lotes de fabricação suspensos na quinta-feira. As causas da morte estão sendo investigadas.

O Japão suspendeu o uso de 1,63 milhão de doses de Moderna enviadas para 863 centros de vacinação em todo o país, mais de uma semana depois que o distribuidor doméstico, Takeda Pharmaceutical Co, recebeu relatos de contaminações em alguns frascos.

"No momento, não temos nenhuma evidência de que essas mortes sejam causadas pela vacina Moderna COVID-19", disseram Moderna e Takeda em um comunicado no sábado. “É importante conduzir uma investigação formal para determinar se há alguma conexão”.

O governo também afirmou que não foram identificados problemas de segurança ou eficácia e que a suspensão dos três lotes de Moderna foi uma precaução.

Fumie Sakamoto, gerente de controle de infecção do St. Luke's International Hospital, em Tóquio, alertou contra o estabelecimento de uma conexão entre as vacinas e as mortes relatadas no sábado.

"Pode haver apenas uma relação temporal entre a vacinação e a morte", disse Sakamoto à Reuters. "Há tantas coisas que ainda não sabemos para tirar conclusões sobre esses dois casos."

Acredita-se que os contaminantes encontrados em alguns frascos no Japão sejam partículas metálicas, relatou a emissora pública NHK, citando fontes do ministério da saúde. O Japão administrou mais de 124 milhões de vacinas COVID-19, com cerca de 44% da população totalmente vacinada.

Até 8 de agosto, 991 pessoas morreram no Japão após receberem injeções da vacina da Pfizer Inc e 11 após receberem a da Moderna, mas nenhuma causalidade entre as injeções e as mortes foi estabelecida, de acordo com o ministério da saúde. As reações adversas foram relatadas com uma frequência de 0,01% para a injeção da Moderna.

Nas mortes relatadas no sábado, cada homem teve febre no dia seguinte à segunda dose e morreu dois dias depois de contrair a febre. Não há evidências de que as vacinas contenham contaminantes, disse um funcionário do ministério da saúde a repórteres.

FONTE/CRÉDITOS: Reuters
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): Reuters
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )