Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

MENU
Logo
Domingo, 13 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

COVID-19

Vacina chinesa CoronaVac custaria R$15,7 bilhões a mais que a vacina de Oxford

Cada dose da Coronavac custa em média R$ 52,52 enquanto a da AstraZeneca custaria R$ 16,11.

326
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A vacina chinesa que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), quer empurrar “goela abaixo” no governo federal e na população, custaria R$ 15,7 bilhões a mais do que a vacina de Oxford, com quem o Ministério da Saúde já tem acordo de compra.

O tucano segue acusando Bolsonaro de “preconceito” contra o imunizante, criando a ideia de que existe uma “letargia” no governo em relação à vacinação dos brasileiros contra o vírus chinês.

Conforme noticiado pelo Terça Livre, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi enfático ontem  ao dizer que havendo demanda e preço, todas as vacinas serão alvo de compra do governo.

Cada dose da vacina produzida entre Sinovac e Instituto Butantan custa US$ 10,30 (R$ 52,52). Já vacina da farmacêutica britânica AstraZeneca, custaria US$ 3 (R$ 16,11) por dose.

Ou seja, a vacina do Butantan custa quase o triplo das doses de Oxford, com quem o Ministério da Saúde tem acordo de compra.

Como noticiado pelo Diário do Poder, seriam gastos R$22,4 bilhões para imunizar todos os brasileiros com a CoronaVac e cerca de R$6,7 bilhões com a vacina da AstraZeneca. Uma diferença de R$15,7 bilhões.

O Terça Livre também já noticiou que a Sinovac esteve envolvida em um escândalo de corrupção e pagamento de propina para a liberação de seus imunizantes na China entre 2002 e 2011.

O fundador e presidente-executivo da Sinovac, Yin Weidong, admitiu ter dado mais de US$ 83 mil em propina para um oficial regulador que supervisionava as análises de vacinas, Yin Hongzhang e sua esposa.

Esse mesmo presidente executivo da Sinovac não foi acusado e continua a supervisionar a campanha de vacinação contra o coronavírus da empresa este ano.

 

Fonte/Créditos: TERÇA LIVRE

Créditos (Imagem de capa): A CoronaVac é uma vacina contra a covid-19 produzida pelo Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Sinovac

Comentários: