Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Política

URGENTE: Alexandre Garcia é demitido da CNN por defender tratamento contra COVID

Em nota, emissora reforçou "seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo"

URGENTE: Alexandre Garcia é demitido da CNN por defender tratamento contra COVID
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O jornalista Alexandre Garcia foi demitido da CNN hoje. Mais cedo, Garcia havia defendido o tratamento precoce contra COVID-19 em sua participação no quadro “Liberdade de Opinião”.

“Os tais remédios sem eficácia comprovada salvaram milhares de vidas sendo aplicados imediatamente, mesmo antes do resultado do teste. É na fase 1, na fase 2 às vezes evitam hospitalizações.

Na fase 1 sempre evitam hospitalizações, sempre evitam sofrimento. Na fase 3 são ineficazes, depois que a pessoa já está hospitalizada ou intubada. […] Essa questão de eficácia comprovada a gente só vai saber daqui uns três anos.

Agora tudo é experimental”, afirmou o jornalista na manhã desta sexta-feira (24). 

Ao final da fala de Alexandre, sua colega Elisa Veeck foi enfática ao afirmar a ineficácia do tratamento precoce, em uma atitude que contraria o nome do quadro que participavam ela e Garcia.

“Reitero sempre para vocês que nos acompanham que as opiniões emitidas pelos comentaristas do quadro não refletem necessariamente a posição da CNN.

E mais um acréscimo aqui neste fim do quadro de hoje, a CNN ressalta que não existe um tratamento precoce comprovado cientificamente para prevenir a covid-19. O que a ciência mostra é que a prevenção, com o uso de máscaras e a vacinação, são as únicas maneiras de combater a pandemia”, afirmou Veec. 

No início da noite, a CNN Brasil divulgou uma nota oficial explicando a demissão do jornalista e pontua que a decisão da emissora foi pelo posicionamento de Garcia: Leia a nota completa:

“A CNN Brasil comunica que rescindiu o contrato com o jornalista Alexandre Garcia nesta sexta-feira (24). A decisão foi tomada após o comentarista reiterar a defesa do tratamento precoce contra a Covid-19 com o uso de medicamentos sem eficácia comprovada. O quadro “Liberdade de Opinião” continuará na programação da emissora, dentro do jornal “Novo Dia”. A CNN Brasil reforça seu compromisso com os fatos e a pluralidade de opiniões, pilares da democracia e do bom jornalismo.”

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )