Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Uma em cada cinquenta pessoas estão vacinadas contra o Covid-19, no mundo

Últimas Notícias

Uma em cada cinquenta pessoas estão vacinadas contra o Covid-19, no mundo

O número total de pessoas vacinadas contra COVID-19 é de mais de 159 milhões. Isso corresponde a mais de dois por cento da população mundial total.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O número total de pessoas vacinadas contra COVID-19 em todo o mundo ultrapassou 159 milhões. Isso vem de cálculos da agência de notícias russa TASS produzidos com base em dados de autoridades, especialistas e mídia. A proporção de pessoas que foram vacinadas já é mais de 2% da população mundial. De acordo com o Fundo de População das Nações Unidas, a população mundial era de cerca de 7,8 bilhões de pessoas em meados de 2020.

Na semana passada, uma média de seis milhões de vacinas foram administradas todos os dias. Ao mesmo tempo, o número de pessoas vacinadas pela primeira vez em 3 de fevereiro ultrapassou o número de infectados com o corona vírus. No geral, a infecção foi encontrada em cerca de 107,8 milhões de pessoas em todo o mundo desde o início da pandemia, das quais mais de 2,3 milhões morreram.

Mais de 48 milhões de vacinas foram administradas a cidadãos americanos. Em segundo lugar está a China com mais de 40 milhões de cidadãos vacinados, e em terceiro lugar está a Grã-Bretanha, onde cerca de 14,1 milhões de pessoas foram vacinadas, levando-se em consideração os territórios ultramarinos, as Ilhas do Canal e a Ilha de Man. Cerca de 65% de todas as pessoas vacinadas contra o corona vírus estão nesses países. A campanha de vacinação também está acontecendo em um ritmo rápido na Índia (sete milhões de pessoas) e Israel (6,2 milhões de pessoas).

A maior porcentagem da população de pessoas vacinadas está em Israel com 69,3%, seguida pelos Emirados Árabes Unidos (49,8%) e Seychelles (49,7%). No Reino Unido, mais de 21,1 por cento da população já está vacinada e nos Estados Unidos ultrapassa os 14 por cento.

Denis Logunow, vice-diretor de pesquisa do Instituto Gamaleja de Epidemiologia e Microbiologia, anunciou que cerca de 2,2 milhões de pessoas na Rússia já receberam o primeiro componente da vacina Sputnik V. No total, o corona vírus foi encontrado em mais de 4 milhões de pessoas na Federação Russa, e cerca de 78.700 pessoas com teste positivo morreram.

FONTE/CRÉDITOS: Aliados Brasil Oficial com informações da agência russa TASS
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): Agência Brasil
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )