Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias COVID-19

Premiê da Bélgica tece críticas aos passes sanitários

'A solução nunca pode ser organizar a nossa vida com passes', destacou em entrevista

Premiê da Bélgica tece críticas aos passes sanitários
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O primeiro-ministro Alexander De Croo, da Bélgica, afirmou que a implementação de um certificado de vacinação para a população ter acesso à maioria dos estabelecimentos públicos no país é desnecessária.

A medida está sendo adotada em outras nações da Europa, mas gerando duras críticas, como na França e na Itália.

Em entrevista ao jornal francês La Dernière Heure, De Croo declarou:

“A solução nunca pode ser organizar a nossa vida com passes. O nosso índice de vacinação é muito maior que o da França. Não precisamos dessas medidas”, declarou o político em entrevista ao jornal francês La Dernière Heure. O premiê destacou que o certificado “faz sentido” para grandes eventos, mas considera que “deve ser temporário, apenas até setembro”, completou.

Mais de 69% da população belga recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e 57,5% estão com a imunização completa.

O primeiro-ministro destacou que o certificado “faz sentido” para grandes eventos, mas considera que “deve ser temporário, apenas até setembro”.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )