Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Conservadorismo

Pastor intimado por se opor à ideologia de gênero, destaca: ‘Deus nunca erra’

Posicionamento de Jorge Linhares recebeu apoio da Frente Parlamentar Evangélica

Pastor intimado por se opor à ideologia de gênero, destaca: ‘Deus nunca erra’
reprodução
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A pastor Jorge Linhares, após ter repostado um vídeo contra a ideologia de gênero, foi intimado pelo Ministério Público de Minas Gerais. A intimação foi assinada pelo promotor Mário Konichi Higuchi Junior, segundo informações divulgadas por Linhares, nas redes sociais.

– Aí está, o Ministério Público do estado de Minas Gerais, mandando para mim a intimação para eu estar lá no dia 02 de agosto de 2021, às 15h, na condição de investigado por ter declarado claramente que, não somente eu, mas o Colégio Batista Getsêmani, a igreja, todos nós, a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus declara que homem é homem, mulher é mulher, menino é menino, menina é menina – declarou o pastor.

Ao Jornal Pleno.News, o líder religioso da Igreja Batista Getsêmani, reafirmou seu posicionamento e destacou que Deus nunca erra. Ele também falou sobre a importância de a Igreja de Cristo se posicionar contra conceitos mundanos que são impostos.

– A Igreja vai sempre se posicionar porque é o grande baluarte, a grande coluna, e não pode temer nada. (…) A Igreja sempre vai saber defender-se, nunca vai ficar atacando, mas estará sempre pronta a responder à altura. Então, nós nos posicionamos segundo o que a Palavra de Deus diz. Por isso, que reis passaram, dinastias passaram, exércitos caíram, guerras e mais guerras com vitoriosos logo depois se tornaram derrotados. (…) A Palavra de Deus permanece para sempre, então não tem luta que não tenha vitória. E essa é uma grande luta para uma vitória muito maior. Homem é homem, mulher é mulher, menino é menino, menina é menina. Deus nunca erra.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Pastor Jorge Linhares (@jorgelinharesoficial)

 

Suas declarações receberam apoio da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), que emitiu nota para destacar a liberdade de expressão e a liberdade religiosa.

– Infelizmente, no Brasil, o que se vem observando nos últimos anos é uma verdadeira perseguição aos valores e crenças, em especial ao segmento protestante. […] A Constituição brasileira estabelece a liberdade de expressão, de ideias e de valores a todos os grupos. Não podemos aceitar uma criminalização por parte daqueles que não sabem conviver com quem defende os valores cristãos, da família e da tradição – destacou o texto da Frente Parlamentar Evangélica.

 

FONTE/CRÉDITOS: Pleno News/ Aliados Brasil Oficial
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )