Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Saúde

Os quase 200 casos de hepatite grave registrados em crianças no mundo são somente a ponta do iceberg, dizem especialistas

Pelo menos 12 países registraram casos da doença em crianças saudáveis nos últimos meses

Os quase 200 casos de hepatite grave registrados em crianças no mundo são somente a ponta do iceberg, dizem especialistas
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Cerca de 190 casos inexplicáveis de hepatite aguda grave foram detectados em crianças de diversas partes do mundo, informou o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) nesta terça-feira (26). O surto foi divulgado pela primeira vez este mês no Reino Unido, principalmente em crianças menores de 10 anos.

Segundo a diretoria do ECDC, aproximadamente 40 incidentes foram registrados na União Europeia e no Espaço Econômico Europeu. Os Estados Unidos e Israel também tiveram ocorrências. A inflamação do fígado é uma condição rara em crianças saudáveis, e o ECDC afirma que está investigando o evento com a Organização Mundial da Saúde e as autoridades nacionais.

De acordo com o hepatologista do Imperial College London, o professor Simon Taylor-Robinson, o número de transplantes realizados até agora (17 no total) pode indicar que o problema é maio.

“Acho que há mais casos por aí. É um número bastante alto para quantos casos detectamos”, disse ao Daily Mail.

“Imagino que existam mais casos do que os relatados – mas provavelmente serão menos graves.”

Questionado se isso poderia ser a ponta do iceberg, o professor Taylor-Robinson disse: ‘Acho que sim’.

A falta de sinais de alerta, como a icterícia (pele ou olhos amarelados), tem feito alguns pais ignorarem a doença. Esse sinal revelador de hepatite foi detectado em menos da metade das crianças doentes.

Outros sintomas, como náuseas, diarreia, letargia e dores de estômago são geralmente atribuídos a outras doenças, como intoxicação alimentar, por exemplo, e por isso passam despercebidos.

Surto na Europa

Pelo menos 12 países registraram casos de hepatite em crianças saudáveis nos últimos meses. A maioria é da Europa.

A  agência de saúde da ONU disse que, até 21 de abril, os casos agudos de hepatite de origem desconhecida foram relatados no Reino Unido (114), Espanha(13), Israel (12), EUA (9), Dinamarca (6), Irlanda (5), Holanda (4), Itália (4), Noruega (2), França (2), Romênia (1) e Bélgica (1).

Há a suspeita de que a doença possa estar sendo desencadeada por uma nova cepa de adenovírus, um vírus do resfriado comum, ou mesmo pelo coronavírus.

A Organização Mundial da Saúde disse que o adenovírus foi detectado em pelo menos 74 casos. Já a infecção por covid-19 foi relatada em 20 dos testados e 19 casos tiveram uma coinfecção por covid-19 e adenovírus.

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )