Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Internacional

ONU recua de decisão que exigia passaporte sanitário para a Assembleia Geral

O presidente Jair Bolsonaro fará o discurso de abertura

ONU recua de decisão que exigia passaporte sanitário para a Assembleia Geral
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Organização das Nações Unidas (ONU) desistiu nesta sexta-feira, 17, de exigir dos participantes da Assembleia Geral do organismo a apresentação do passaporte sanitário da covid-19. O recuo foi informado aos 193 Estados-membros em uma carta assinada pelo presidente do colegiado, Abdulla Shahid, informou a agência de notícias Reuters, que teve acesso ao documento.

Shahid havia seguido a recomendação da cidade de Nova Iorque, onde fica a sede da ONU. O governo local defende o comprovante de imunização. Apesar de não ter tomado a vacina, o presidente Jair Bolsonaro garantiu que fará o discurso de abertura da Assembleia Geral. É tradição o chefe do Executivo do Brasil fazer as honras nos inícios dos trabalhos do organismo internacional.

FONTE/CRÉDITOS: Oeste
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )