Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

MENU
Logo
Domingo, 19 de setembro de 2021
Publicidade
Publicidade

Últimas Notícias

Narrativa fraudulenta derrubada com apenas UMA PERGUNTA.

Trabalhando de forma árdua, o Senador Marcos Rogério , fez aparecer a verdade sobre o "contrato" do Governo Bolsonaro no caso COVAXIN.

590
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após mais uma interrupção da oposição a uma resposta de uma depoente, o Senador Marcos Rogério se irritou e verbalizou seu sentimento.

A depoente era nada mais, nada menos que a diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades.

No momento em que a depoente respondia as questões do senador de forma q desmascarava as narrativas feitas pela esquerda no tema COVAXIN no último dia 14, uma representante da oposição interrompeu e o senador disparou.

Veja parte da sessão em que o senador falava com a depoente:

“...Quanto a empresa Precisa ou Bharat recebeu deste governo, o  governo Bolsonaro, nestes medicamentos? – Senador

- Nada. – Diretora da Precisa Medicamentos

- Não! Espera aí. A oposição disse aqui que esse era o maior esquema de corrupção do Governo Bolsonaro. Vou fazer a pergunta de novo. Quanto o governo, Ministério da Saúde, pagou neste contrato da COVAXIN, o Governo Bolsonaro? – Senador

- Nada!! – confirmou a Diretora da Precisa Medicamentos. .... (interrupção) ...

- A oposição começou a falar porque ela se incomoda quando a narrativa começa a cair por terra. Veja....oposição, essa que fala, que faz acusação sem provas, ela não encontra provas, aí fabrica, interessante!

...Nenhum centavo de real pago neste contrato. Nenhum desembolso feito, zero de prejuízo. Mas, aqui na CPI, sabendo dos milhões de reais desviados  do Consórcio Nordeste, com provas, com materialidade, com servidores, com agentes públicos que deveriam estar presos, não, aí não é crime.

...Aí não é corrupção. Só é corrupção o que acontece no Governo Bolsonaro, mesmo não tendo um centavo de real pago neste contrato... - Senador”

Confira parte da sessão:

 

 

Fonte/Créditos: Aliados Brasil Oficial/ Jornal da Cidade Online

Créditos (Imagem de capa): Jornal da Cidade Online

Comentários: