Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

MENU
Logo
Quinta, 29 de julho de 2021
Publicidade
Publicidade

Policial

Luis Ricardo Miranda diz que não lembra se mostrou invoice a Bolsonaro

Informação foi dada pelo próprio em depoimento concedido à Polícia Federal

283
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Luis Ricardo Miranda, irmão do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF),  voltou atrás em seu depoimento à CPI da Covid  no último dia 25 de junho.

Em depoimento à Polícia Federal (PF), Luiz Ricardo Miranda diz que não lembra se ele e seu irmão mostraram ao presidente Jair Bolsonaro, em um encontro no dia 20 de março, o servidor disse ainda à PF que não tem mais conversas que comprovariam que sofreu pressão para autorizar compra  e a invoice (nota fiscal de compras no exterior) que comprovaria as supostas irregularidades na compra da Covaxin. 

Luis Ricardo disse à PF que trocou de celular em março. Por isso, Miranda não teria mais as mensagens que mostrariam as pressões sofridas por ele. O servidor afirmou em depoimento que não guardou o backup e tem apenas prints que foram enviados ao irmão.

A fala de Luis Ricardo aos agentes da PF é incompatível com a declaração dada por seu irmão à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no último dia 25 de junho, quando o deputado Luis Miranda afirmou que o documento foi mostrado ao presidente da República.

O depoimento do servidor da Saúde, realizado no dia 14 de julho, foi tomado no âmbito do inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro teria cometido crime de prevaricação por ter recebido denúncias de supostas irregularidades nas negociações para compra da vacina indiana Covaxin e não ter dado andamento a elas.

O deputado federal Luis Miranda, irmão do servidor, também já foi chamado a depor no curso dessa investigação. Seu depoimento está agendado para esta terça-feira (20), também em Brasília.

Fonte/Créditos: Pleno News/ Revista Fórum

Créditos (Imagem de capa): reprodução

Comentários: