Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Joaquim Barbosa ataca ministro da Defesa e o chama de vassalo de Bolsonaro

Política

Joaquim Barbosa ataca ministro da Defesa e o chama de vassalo de Bolsonaro

A declaração foi dada no Twitter

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Na madrugada desta quinta-feira (7), O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa (sem partido) fez duras críticas  contra o comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira.

Eis a declaração do ex- ministro do STF no Twitter:

“Convido as pessoas com um mínimo de conhecimento da trágica histórica política brasileira a um exame sereno e lúcido da frase do ministro da Defesa, um general que faz parte do grupo de auxiliares do primeiro escalão do Presidente da República”.

“Insistir nessa agenda de pressão desabrida e cínica sobre a Justiça Eleitoral, em clara atitude de vassalagem em relação a Bolsonaro, que é candidato à reeleição, é sinalizar ao mundo que o Brasil caminha paulatinamente rumo a um golpe de Estado. Pense nisso, general.”

“Um aspecto importantíssimo, que singulariza o Brasil no concerto das democracias, reside precisamente no seguinte: temos um ramo da Justiça, independente, concebido precisamente para subtrair o processo eleitoral ao controle dos políticos. E dos militares de casaca, claro”.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )