Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Policial

IMPRESSIONANTE: Homicídios atingem nível alarmante em cidades dos EUA em 2021

Depois da morte de George Floyd,boa parte das grandes cidades restringiu a atuação da polícia. O resultado foi um aumento na criminalidade

IMPRESSIONANTE: Homicídios atingem nível alarmante em cidades dos EUA em 2021
Departamento de Polícia de Mineápolis
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em 2020, depois da morte de George Floyd, durante uma abordagem policial na cidade americana de Mineápolis, manifestantes tomaram as grandes cidades dos Estados Unidos pedindo que as normas de atuação da polícia fossem refeitas para evitar o que, na visão deles, era uma política discriminatória contra os negros. Em geral, eles foram bem-sucedidos em suas reivindicações. As grandes cidades reduziram os fundos para a polícia e aprovaram regras que restringem a atuação policial. O resultado pode ser visto nas estatísticas: 2020 teve a maior alta no índice de homicídios em quase 60 anos, segundo o FBI. O aumento foi de 29%, na comparação com 2019. Mas, ao que tudo indica, 2021 será ainda pior. 

Homicídios em alta: os números

Mineápolis, onde George Floyd morreu, teve 93 homicídios até aqui, o que já é maior do que o número registrado em 2020 (84). Em 2019, o total fora de 48. Ou seja: o número praticamente dobrou em apenas dois anos. Maior cidade dos Estados Unidos, Nova Iorque foi na mesma direção e registrou até agora 479 homicídios, uma alta de 4,1% em relação a 2020 e de 51,6% em comparação com 2019.

Filadélfia, por sua vez, teve 549 homicídios — o que é mais do que o dobro registrado apenas cinco anos atrás, com alta de 13% sobre 2020. A última vez que a marca de 500 homicídios havia sido ultrapassada foi em 1990.

Em Chicago, já foram 783 mortes, 5% acima de 2020 e 63% acima de 2019. Os números são os piores em quase 30 anos. Em Baltimore, foram 321 assassinatos até agora (contra 314 em 2020 no mesmo período).

O cenário se repete na Califórnia. Em Los Angeles, o número de homicídios até 18 de dezembro foi de 382, um aumento de 13% em comparação com 2020 e de incríveis 52% na comparação com 2019. Em São Francisco, os dados foram atualizados apenas até outubro, mas o número de homicídios até então (44) mostrava um aumento de 5% em comparação com o mesmo período de 2020. Outros crimes, como roubo a carro (32%), subiram ainda mais. 

A capital, Washington, teve até agora 224 homicídios, aumento de 14% em relação a 2020. Atlanta registrou um aumento de 3% — mesmo depois de uma alta de 63% em 2020.

Exceção, Miami tem queda nos homicídios

Administrada pelo republicano Francis Suarez, que resistiu à pressão de movimentos à esquerda, Miami é uma exceção: depois de acompanhar a tendência de alta em 2020, a cidade teve uma redução de 15% no número de homicídios neste ano.

FONTE/CRÉDITOS: Revista Oeste/ Aliados Brasil Oficial
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )