Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

FIM DA PANDEMIA:

COVID-19

FIM DA PANDEMIA: "Teremos nossas vidas normais de volta em dois meses", decreta Chefe de Saúde da Dinamarca

Ômicron está provocando o FIM da pandemia, disse Tyra Grove Krause é a epidemiologista chefe do Instituto Estadual de Soro da Dinamarca

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Tyra Grove Krause, uma chefe de saúde dinamarquêsa disse que a variante Covid-19 do Omicron está provocando o fim da pandemia, dizendo "teremos nossas vidas normais de volta em dois meses".

Em declarações à TV 2 dinamarquesa, Tyra Grove Krause - epidemiologista chefe do Instituto Estadual de Soro da Dinamarca - disse que um novo estudo da organização descobriu que o risco de hospitalização por Omicron é a metade do observado com a variante Delta.

Isso, disse ela, deu às autoridades dinamarquesas esperança de que a pandemia Covid-19 na Dinamarca poderia acabar em dois meses.

"Acho que teremos isso nos próximos dois meses, e então espero que a infecção comece a diminuir e possamos ter nossas vidas normais de volta", disse ela na segunda - feira .

Apesar dos temores iniciais de que o Omicron pudesse prolongar a pandemia devido ao aumento do nível de infecção, a Sra. Krause disse que ele realmente poderia significar o fim da pandemia.

De acordo com o estudo: 'O Omicron veio para ficar e fornecerá uma disseminação massiva da infecção no próximo mês. Quando acabar, estaremos em um lugar melhor do que antes.'

Mas enquanto os números de infecção em países com a variante estão disparando, a especialista disse que a variante Omicron é altamente infecciosa, todavia parece mais suave do que a variante Delta e, portanto, mais pessoas serão infectadas sem apresentar sintomas graves.

Como resultado, disse ela, isso proporcionará um bom nível de imunidade à população.

A Dinamarca viu um aumento de novos casos nas últimas semanas e, no domingo, registrou a maior média de infecções de todos os tempos, registrando uma média de 20.886 na semana anterior, ou 3.592,74 por milhão de pessoas - uma das taxas mais altas da Europa.

Ele relatou seu maior número de novas infecções em 27 de dezembro (41.035).

Em comparação, a média diária de novos casos de Covid-19 confirmados no Reino Unido em sete dias por milhão de pessoas está em 2.823,31 na segunda-feira, enquanto nos Estados Unidos esse número é 1.215,76 - menor do que muitos países na Europa.  

A Sra. Krause enfatizou que ainda há trabalho a ser feito para combater a pandemia nos próximos meses, no entanto.

'Omicron atingirá o pico no final de janeiro, e em fevereiro veremos diminuição da pressão de infecção e diminuição da pressão sobre o sistema de saúde', disse ela. 

'Mas temos que fazer um esforço em janeiro, porque vai ser difícil passar.'

Leia a entrevista completa no Jornal Britâncio Daily Mail

FONTE/CRÉDITOS: Aliados Brasil com informações do Daily Mail
FONTE/CRÉDITOS (IMAGEM DE CAPA): tv2lorry.dk
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )