Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Política

Filha do médico de Bolsonaro desabafa sobre mentiras divulgadas sobre seu pai: “Nunca recebeu um real por tratar Bolsonaro”

Em mensagem enviada ao UOL, Beatriz Macedo Lopes, filha de Antônio Luiz Macedo, médico de Bolsonaro, desabafou sobre ‘mentiras’

Filha do médico de Bolsonaro desabafa sobre mentiras divulgadas sobre seu pai: “Nunca recebeu um real por tratar Bolsonaro”
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Beatriz Macedo Lopes, filha do médico-cirurgião de Jair Bolsonaro, Antônio Luiz Macedo, enviou uma carta a Felipe Moura Brasil, colunista do UOL. No texto, ela faz um desabafo a respeito do que tem sido veiculado sobre seu pai e a saúde do presidente.

“Meu pai é o médico do Bolsonaro e estão mentindo e falando um monte de absurdo a respeito dele e isto é muito injusto. Votei no presidente, me decepcionei e não apoio mais, mas, independentemente de política, aprecio caráter e sei que você é bom caráter, então vou lhe escrever, porque é muito cruel mentirem”, iniciou.

Macedo precisou interromper as férias nas Bahamas para vir ao Brasil às pressas cuidar de uma nova complicação intestinal do chefe do Executivo. O médico acompanha Bolsonaro desde o atentado a faca em 2018.

“Ele não descansa, trabalha direto a semana inteira. Viajou com o dinheiro dele, não do governo, nunca utilizou verba pública, nunca recebeu favor algum do governo”, escreveu Beatriz. “Aliás, meu pai nunca recebeu um real por ter tratado do Bolsonaro, jamais cobrou nada. O governo, nem ninguém, nunca pagou nada a ele.”

Filha do médico de Bolsonaro diz que facada foi real

Na carta, Beatriz afirma que a facada sofrida por Bolsonaro foi real. Ela destacou ainda que seu pai faz desde cirurgias simples até complexas.

“A facada, como você sabe, foi real e causou sequelas que provavelmente acompanharão Bolsonaro pelo resto da vida. As cirurgias foram complexas e, por muito pouco, ele conseguiu retirar a bolsa de colostomia, mas sobraram inúmeras aderências que eventualmente causam suboclusão intestinal, obstrução, então de fato ele passou mal: não é um atestado médico, é real”, afirmou.

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )