Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Elon Musk aposta em governador conservador como próximo presidente dos EUA

Política

Elon Musk aposta em governador conservador como próximo presidente dos EUA

Bilionário citou o republicano Ron DeSantis, da Flórida, como alternativa de voto nas eleições de 2024

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O bilionário Elon Musk afirmou enxergar o atual governador da Flórida como potencial nome para se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos. No entanto, o empresário controlador da Tesla e da SpaceX não fez um endosso formal ao republicano Ron DeSantis.

O governador conservador tem despontado como figura em ascensão no Partido Republicano, depois do êxito na política de combate ao coronavírus em seu Estado. DeSantis também chamou atenção nacional ao sancionar recentemente leis que restringem a pauta LGBT+ em escolas da Flórida, inclusive entrando em choque com o Grupo Disney a respeito dessa pauta.

Musk citou o nome de DeSantis como opção para próximo presidente depois de revelar, no Twitter, que votou numa candidata republicana para representar o Texas no Congresso. Mayra Flores conseguiu a cadeira em votação na terça-feira 14.

“Votei em Mayra Flores. Primeira vez em que votei num republicano”, declarou Musk, no Twitter.

Em seguida, o bilionário, considerado a pessoa mais rica do mundo, foi perguntado sobre em quem estaria inclinado a votar nas eleições presidenciais, em 2024. Musk respondeu prontamente: Ron DeSantis.

O empresário seguiu interagindo com seguidores no Twitter para explicar sua transição de simpatizante democrata para republicano. Musk reclamou do tratamento do partido atualmente no governo em relação a ele. Magnata fez postagem no Twitter alertando para "campanha de truques sujos" contra ele que seguirá seu apoio ao partido conservador.

Segundo o magnata da tecnologia, em causa está a falta de “bondade” do partido Democrata:

“No passado votei nos democratas porque eles eram (principalmente) o partido da bondade. Mas tornaram-se o partido da divisão e do ódio, então não posso mais apoiá-los e votarei nos Republicanos. Agora, observe sua campanha de truques sujos contra mim se desenrolar”, escreveu no Twitter.

“Eu apoio a liberdade de expressão, mas não qualquer candidato. Na verdade, dei dinheiro e votei em Hillary Clinton e depois votei em Joe Biden. No entanto, dados os ataques não provocados dos principais democratas contra mim e a frieza com relação à Tesla e à SpaceX, pretendo votar nos republicanos em novembro”, afirmou, em referência às eleições gerais para o Congresso.

O bilionário de 50 anos disse recentemente que pretende rever a proibição que o Twitter impôs a Donald Trump – que está impedido de postar nesta rede social. Aliás, Elon Musk também já referiu que o Twitter é de extrema-esquerda porque está sediado na Califórnia, um estado conhecido pela sua política progressista.

Atualmente, Donald Trump é tratado como possível candidato republicano para 2024. No entanto, DeSantis vem ganhando força como alternativa e surge como possibilidade de rival para o ex-presidente nas prévias do partido.

FONTE/CRÉDITOS: Revista Oeste/ Aliados Brasil Oficial
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )