Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Saúde

Criança de 10 anos é internada na UPA, após tomar vacina contra Covid-19. MAIS UM CASO ISOLADO?

Ele chegou a desmaiar e ficou internado na UPA 24 Horas por mais de 12 horas

Criança de 10 anos é internada na UPA, após tomar vacina contra Covid-19. MAIS UM CASO ISOLADO?
Arquivo Pessoal
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A família do menino Felipe Menzen Slotnicki, de apenas 10 anos, passou por um grande susto na sexta-feira (21) em Bento Gonçalves, na serra gaúcha. A criança passou mal logo depois de ser vacinada contra a covid-19. Ele chegou a desmaiar e ficou internado na UPA 24 Horas por mais de 12 horas. Felizmente, o menino já deu alta e passa bem.

De acordo com o pai de Felipe, Dileno Slotnicki, ele levou o filho e o sobrinho, de 11 anos, para serem vacinados contra a covid-19, nas dependências do Centro Materno Infantil, na rua Dr. Casagrande. Eles foram atendidos por volta das 15h e as crianças rapidamente foram vacinadas. Ao saírem do local, foram até uma sorveteria na mesma rua. Enquanto o pai pedia o sorvete para eles, Felipe começou a passar mal.

“Ele me dizia que não estava enxergando nada”, disse o pai, que achava que o filho estava bricando no início. As dores começaram a aumentar e Felipe acabou desmaiando no local. O pai rapidamente o pegou no colo e colocou dentro do veículo, que estava próximo. O menino foi levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), onde chegou desacordado.

“Eu fiquei muito assustado, pois ele estava pálido e sem reação alguma”, relatou o pai.

Na UPA, Felipe foi atendido rapidamente e recebeu uma injeção de adrenalina, retomando os sentidos rapidamente. Ele permaneceu cerca de meia hora na sala de observação, sendo
liberado pelos médicos, pois já estava bem. Porém, quando estavam saindo na porta da UPA, o menino voltou a sentir-se mal e desmaiou novamente, precisando ser internado na
unidade.

A criança foi colocada no soro e passou por uma bateria de exames. Ele se recuperou normalmente e foi para casa na manhã do sábado (22). Felizmente, agora Felipe está bem e neste domingo (23), já brincava normalmente com os amigos. “Foi um choque pra nós. Ele nunca teve nenhuma doença, aí levamos para vacinar e acontece isso. Tivemos muito medo de que algo mais grave acontecesse”, revelou a mãe de Felipe, Elizandra Menzen.

A prefeitura trata o caso como um fato isolado e garante que vacinação será mantida.

A reportagem do NB Notícias questionou a prefeitura de Bento Gonçalves pelo fato. Em comunicado, o poder público revelou que este foi o único caso de reação ocorrido, sendo que foram vacinadas 66 crianças, 10 com comorbidades e 56 sem comorbidades.

O poder público destacou que ainda na sexta-feira (21) foi feita a comunicação para 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS) e o Centro de Vigilância em Saúde, conforme protocolo.

A vacinação seguirá normalmente durante a semana, pois não foi recebida nenhuma orientação da 5ª CRS para que seja paralisada. A prefeitura também informou que, a princípio, pelos exames e pelo tempo que a criança ficou em observação, não há nenhuma co-relação com a vacina. As informações são do Portal NB Notícias.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.

FONTE/CRÉDITOS: NB NOTÍCIAS/Canal Ideal
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )