Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

MENU
Logo
Quinta, 29 de julho de 2021
Publicidade
Publicidade

COVID-19

COVID-19: Infecção natural ou vacinação: o que dá mais proteção?

Quase 40% dos novos pacientes com COVID foram vacinados em comparação com apenas 1% que havia sido infectado anteriormente.

400
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Pacientes com coronavírus que se recuperaram do vírus tinham muito menos probabilidade de se infectar durante a última onda da pandemia do que pessoas que foram vacinadas contra COVID, de acordo com números apresentados ao Ministério da Saúde de Israel.

Os dados do Ministério da Saúde sobre a onda de surtos de COVID que começou em maio deste ano mostram que os israelenses com imunidade natural à infecção eram muito menos propensos a se infectar novamente em comparação com os israelenses que só tinham imunidade por vacinação.

Mais de 7.700 novos casos do vírus foram detectados durante a onda mais recente iniciada em maio, mas apenas 72 dos casos confirmados foram relatados em pessoas que já sabiam que haviam sido infectadas - ou seja, menos de 1% dos novos casos.

Aproximadamente 40% dos novos casos - ou mais de 3.000 pacientes - envolveram pessoas que haviam sido infectadas apesar de terem sido vacinadas.

Com um total de 835.792 israelenses sabidamente recuperados do vírus, as 72 ocorrências de reinfecção equivalem a 0,0086% das pessoas que já estavam infectadas com COVID.

Em contraste, os israelenses que foram vacinados tinham 6,72X mais probabilidade de se infectar após a injeção do que após a infecção natural, com mais de 3.000 dos 5.193.499, ou 0,0578%, dos israelenses vacinados infectados na última onda.

De acordo com um relatório do Canal 13 , a disparidade confundiu - e dividiu - especialistas do Ministério da Saúde, com alguns dizendo que os dados provam o nível mais alto de imunidade fornecido pela infecção natural em relação à vacinação, enquanto outros permaneceram não convencidos.

Fonte

Comentários: