Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias COVID-19

Cardiologista que chamou pessoas não vacinadas de egoístas, morre repentinamente enquanto dormia, dias após a 3ª dose da vacina

Dr. Sohrab Lutchmedial morreu no dia 8 de novembro, 2 semanas após ter tomado a terceira dose da vacina

Cardiologista que chamou pessoas não vacinadas de egoístas, morre repentinamente enquanto dormia, dias após a 3ª dose da vacina
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um proeminente cardiologista de New Brunswick, Canadá, de 52 anos, morreu repentinamente durante o sono, apenas duas semanas após receber a terceira dose da vacina contra COVID.

Em julho deste ano, o Dr. Sohrab Lutchmedial atacou pessoas “egoístas” que optaram por não receber a injeção de Covid.

“Para aqueles que não receberão a injeção por motivos egoístas - seja qual for - não vou chorar no funeral”, disse o Dr. Lutchmedial em um tweet de julho de 2021.

O médico morreu inesperadamente em 8 de novembro - apenas duas semanas após receber sua terceira dose em 24 de outubro.

De acordo com a mídia canadense, amigos, familiares e colegas do Dr. Lutchmedial estão em choque com sua morte repentina.

CBC News relatou :

Um importante cardiologista de New Brunswick morreu, deixando para trás uma grande lacuna no sistema e na comunidade, dizem colegas.

Dr. Sohrab Lutchmedial dedicou mais de 20 anos ao New Brunswick Heart Center e ao cuidado de pacientes que sofrem de doenças cardíacas, disse um comunicado da equipe do New Brunswick Heart Center.

“É com profunda tristeza que relatamos a morte repentina e inesperada de um colega, amigo, pai, companheiro e espírito inspirador”, diz o comunicado.

Lutchmedial morreu na segunda-feira durante o sono em sua casa em Saint John, disse Jean-François Légaré, chefe da cirurgia cardíaca do New Brunswick Heart Center. Ele tinha 52 anos.

Fonte: https://www.thegatewaypundit.com/

Leia também:

Testes com Vacinas MRNA resultaram em 100% de letalidade, afirma médico pioneiro no tratamento do HIV (vejam o vídeo)

Segundo informações do boletim, Bruno Graf morreu devido à reação da vacina da AstraZeneca

Instituto de Saúde Italiano revisou os óbitos por COVID e descobriu que 97% das mortes não foram pelo vírus

No mundo, Atletas saudáveis ​​adoecem repentinamente, morrem após vacinação contra Covid - e a mídia é silenciosa

 

 

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )