Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Aconteceu

Capitólio (MG): Bombeiros encontram mais dois corpos e sobe para 10 o número de mortos

Quatro dos mortos eram da mesma família

Capitólio (MG): Bombeiros encontram mais dois corpos e sobe para 10 o número de mortos
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Corpo de Bombeiros de Minas Gerais divulgou, na tarde deste domingo (9), que os dez corpos das vítimas da tragédia em Capitólio, no Lago de Furnas, foram encontrados. Todos eram ocupantes da lancha “Jesus”, a mais atingida pelo desprendimento da rocha de um cânion que desabou.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Passos. Um grupo de apoio foi feito com os familiares, para dar celeridade à identificação das vítimas. Até agora, apenas uma delas foi formalmente identificada pela Polícia Civil.

Apesar da localização dos demais corpos, o médico legista da Polícia Civil Marcos Amaral explicou que não há previsão de liberação dos corpos, “dado a altíssima energia do trauma que acometeu a lancha, os corpos estão bastante prejudicados”, o que demanda trabalho maior de identificação, explicou.

Pelo menos outras 31 pessoas precisaram de atendimento médico. Vinte e três foram atendidas na Santa Casa de Capitólio. Outras quatro vítimas foram atendidas na Santa Casa de São José da Barra.

Quatro das vítimas fatais da tragédia de Capitólio eram da mesma família. Um deles, o mecânico de caminhões Maycon Osti, natural de Campinas, faria 25 anos hoje. Maycon estava com a namorada Camila da Silva. Junto com eles na lancha “Jesus” estavam a mãe de Camila, Carmen Pacheco e seu suposto namorado, Geovany Silva.

Segundo o Corpo de Bombeiros, todas os mortos na tragédia estavam na mesma lancha. O tenente Pedro Aihara informou ao jornal Estado de Minas que “o número de desaparecidos foi diminuído substancialmente porque boa parte das vítimas que estavam sem contato, se deslocaram por meios próprios para as unidades hospitalares da região e tinham sido categorizadas como desaparecidas. Nas últimas horas, a gente fez uma força-tarefa integrada, que conseguiu contato com essas pessoas”.

O acidente

O deslizamento de pedras no Lago de Furnas, na cidade turística de Capitólio, no centro-oeste de Minas Gerais, atingiu três embarcações com turistas no sábado, 8.

A Defesa Civil (DC) de Minas Gerais alertou para a possibilidade de problemas na região da lagoa Capitólio duas horas antes do desastre. Com as chuvas intensas, a DC avisou sobre a possibilidade de ocorrer uma “cabeça d’água”.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link.

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )