Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Agro

Brasil bateu recorde na safra de soja em 2021

O resultado representou um aumento de 8,6% em relação a 2020

Brasil bateu recorde na safra de soja em 2021
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A safra brasileira de soja em 2021 bateu o recorde de 138,9 milhões de toneladas, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove). O resultado representou um aumento de 8,6% em relação a 2020.  

De acordo com a Abiove, as exportações também atingiram o maior volume histórico, de 86,1 milhões de toneladas.

Já o processamento de 47,8 milhões de toneladas representou um aumento de 2% na comparação com 2020 e refletiu em produção e venda recordes de farelo de soja, usado nas rações animais.

Foram 36,8 milhões de toneladas de farelo, das quais 52% destinaram-se ao abastecimento do mercado nacional (19,2 milhões de toneladas) e 17,2 milhões à exportação, além da formação de estoque. 

Segundo a associação, o óleo de soja se destacou principalmente nas exportações, que absorveram parte do volume que seria inicialmente destinado à produção de biodiesel para o mercado interno. Isso porque, no ano passado, o CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) decidiu reduzir o percentual de mistura do biocombustível no diesel. Como resultado, enquanto o consumo interno de óleo caiu 6% sobre 2020, a exportação cresceu quase 50% no período. 

Pela resolução nº 16/2018 do Conselho, a proporção de biodiesel em 2021, desde março, deveria ter sido de 13%.

Mas essa participação só se manteve em março e abril. Nos demais meses do ano, as proporções fixadas foram:

  • 10% entre maio e agosto;
  • 12% em setembro e outubro;
  • 10% em novembro e dezembro.

A Abiove afirma que, com isso, o consumo interno de óleo caiu 6% em relação a 2020. Já as exportações cresceram quase 50% no período.

Como para todo o ano de 2022 o CNPE definiu a proporção de 10% de biodiesel no diesel, a associação estima novo recuo da venda doméstica de óleo de soja, para 7,9 milhões de toneladas, o mesmo patamar registrado em 2019.

Em 2021, o total destinado ao mercado interno tinha sido 8 milhões de toneladas.

Devido principalmente ao menor consumo doméstico, a entidade projeta estoque de passagem recorde para 2023, em mais de 600 mil toneladas. A exportação e a produção seguem sem mudanças sobre as estimativas anteriores em, respectivamente, 1,7 e 9,7 milhões de toneladas. 

FONTE/CRÉDITOS: Gazeta Brasil/ Abiove
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )