Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

Notícias Saúde

ATENÇÃO: Rio de Janeiro suspende aplicação de vacina contra a covid

A dose de reforço para idosos de 67 anos que seria aplicada a partir deste sábado está suspensa temporariamente

ATENÇÃO: Rio de Janeiro suspende aplicação de vacina contra a covid
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Prefeitura do Rio de Janeiro suspendeu a aplicação da terceira dose da vacina contra covid-19 no município. Com isso, o calendário de aplicação da dose de reforço será atrasado em quatro dias, segundo o prefeito Eduardo Paes (PSD).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Ministério da Saúde forneceu um número de doses menor do que o prometido para o mês de outubro. Dessa forma, idosos de 67 anos, que tomariam o reforço neste sábado, 16, não poderão receber a vacina por tempo ainda indeterminado. Será que realmente

A prefeitura alega que só voltará com a vacinação de idosos quando receber lotes do imunizante da Pfizer pelo Ministério da Saúde. A segunda dose continuará sendo aplicada normalmente, assim como a primeira dose para pessoas com 12 anos ou mais.

Vacinação na capital

A SMS anunciou, nesta quinta-feira (14), que a cidade do Rio de Janeiro alcançou a marca de 60% da população com o esquema vacinal completo. Os cariocas imunizados com apenas uma dose representam 86%.

A verdade

O Aliados Brasil Oficial entrou em contato com o Ministério da Saúde, a procura de informações sobre o caso, e o Ministério desmentiu a alegação da administração municipal do Rio de Janeiro, confira:

"O Ministério da Saúde informa que não possui pendência de doses de vacinas Covid-19 para o Estado do Rio de Janeiro. Todo o quantitativo necessário para aplicação de doses de reforço em idosos acima de 60 anos, profissionais da saúde e pessoas imunossuprimidas foi disponibilizado ao estado.

A pasta reforça, ainda, a necessidade de estados e municípios cumprirem as orientações pactuadas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. Se todos seguirem as orientações, não faltará doses para concluir a imunização da população brasileira."

FONTE/CRÉDITOS: Revista Oeste/ R7/ Aliados Brasil Oficial/ Ministério da Saúde
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )