Aliados Brasil Oficial - Unidos Pelo Brasil!

MENU
Logo
Domingo, 19 de setembro de 2021
Publicidade
Publicidade

COVID-19

Anvisa suspende estudos clínicos da vacina Covaxin

A aplicação da vacina em voluntários brasileiros não chegou a acontecer.

138
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Anvisa suspendeu de forma cautelar, na noite desta sexta-feira (23), os estudos clínicos da Covaxin no Brasil.

Os ofícios comunicando a suspensão cautelar foram enviados ao Instituto Albert Einstein, coordenaria os testes com a vacina indiana contra a Covid-19, e à patrocinadora do estudo, a empresa Precisa Medicamentos.

A aplicação da vacina em voluntários brasileiros não chegou a acontecer.

A suspensão foi realizada em decorrência do comunicado da empresa indiana Bharat Biotech, enviado para a Anvisa horas antes.

No texto, a farmacêutica indiana, que produz a Covaxin, informa que a empresa Precisa não possui mais autorização para representar a Bharat no Brasil, o que inviabiliza a realização do estudo, na avaliação da Anvisa.

A Bharat negou a autenticidade de dois documentos enviados pela Precisa Medicamentos para o Ministério da Saúde.

Os papéis que tratavam da negociação de doses tinham carimbo e assinatura de um suposto diretor-executivo, além de erros de grafia no nome do laboratório e de endereço.

Em nota, a empresa indiana disse que os documentos não foram emitidos pela empresa ou por seus executivos.

Comentários: